sábado, 4 de dezembro de 2010

#34: Sábado à Noite (Babi Dewet)

Postado por Luciana Mara às 23:59:00
Sinopse: Amanda é popular na escola e os amigos do seu amigo de infância são considerados os ‘marotos’ do pedaço por desrespeitarem as regras. Tudo ao seu redor acaba desmoronando quando um amor mal resolvido volta à tona e a sua amizade é posta em prova. Se não bastasse, seu diretor resolve dar bailes aos sábados e uma misteriosa banda mascarada foi convocada pra tocar. Mas suas letras dizem tanto sobre ela… quem serão esses mascarados de Sábado à Noite? 

Comentários: Quando vou à livraria, obviamente após escolher o livro (que vou comprar pela internet) pela capa, sabe o que eu busco enquanto folheio? Diálogos. Livros sem travessões ou aspas é o fim da picada para mim (vide 1808 que está há anos esperando uma oportunidade de ser lido).
 
E porque eu estou falando isso? Porque Sábado à Noite, ou SAN como é conhecido, é o livro com o maior número de diálogos que já li. Ele foi originado de uma Fanfic da Babi envolvendo a banda McFly, e acredito que isso justifica o elevado número de diálogos. Era uma brincadeira que virou coisa séria!
E esta é mais uma história de amor adolescente. Ai, ai... eu adoro isso!

Amanda espera Bruno nos degraus da escada da casa dele para irem juntos ao colégio. Eles são amigos de infância e se gostam muito, mas quando chegam à escola suas vidas se separam.

Ela é do grupo das populares, ele dos perdedores. E se assim como eu você achou que este era o casal principal da trama se enganou.

Daniel, amigo do Bruno, gostou de Amanda desde o instante que a viu. O mesmo pode se dizer dela. Isto foi há muito tempo atrás. Mas Guiga, uma de suas amigas, na época também se encantou com o garoto. E como escolher entre o namoro com Daniel e amizade de Guiga?

Na escola, os dois grupos se evitam. Não pegava bem para as garotas conversarem com os meninos que mais aprontavam no colégio, também conhecidos como ‘marotos’. Mas a mistura dos grupos foi impulsionada por uma tarefa da aula de artes. A professora juntou os alunos em duplas e pediu que eles escrevessem uma música. Para desespero de Amanda, ela foi escolhida para fazer dupla com Daniel. Como seria possível esconder todo aquele amor que ela sentia?

Mas Daniel e Amanda não resistiram. Resolveram ficar juntos, mas não se assumiram por causa do grande segredo de Amanda. Por isto dúvidas pairavam na cabeça de Daniel: ‘Será que ela tem vergonha de mim? Porque ela pode ser vista com todos os caras do colégio e comigo não?

Jantares românticos, praia, beijos na chuva, encontros embaixo da árvore, na salinha da limpeza da escola, dentro do carro a là Jack e Rose em Titanic. Tudo sempre às escondidas. E todas estas cenas são temperadas com confusões, desentendimentos, incertezas e tendo como trilha sonora as músicas compostas e tocadas por um grupo de quatro garotos mascarados.

O diretor teve a idéia de promover bailes no colégio todo sábado à noite. Uma atmosfera de mistério envolvia a identidade dos garotos, o que os deixavam mais atraentes aos olhos do grupo de meninas. Mas algo estranho estava acontecendo. Amanda sentia que todas as músicas estavam relacionadas a ela e sua história de amor impossível. Seria mera coincidência?

Resumindo: Bruno é amigo de Daniel, que é apaixonado por Amanda, que é apaixonada por Daniel, mas Guiga, amiga de Amanda, também era apaixonada por ele, mas agora está com uma quedinha por Fred, que junto com Daniel, Caio, Rafael e Bruno formam o grupo dos marotos, sendo que Bruno é ex-namorado de Carol, que junto com Anna, Guiga, Maya e Amanda formam o grupinho do topo do top da escola. Ufa! Existem estes e mais um emaranhado de relacionamentos, encontros e desencontros e um grande mal entendido.

Quem eram os garotos da banda Scotty e se tudo deu certo no final, só se descobre lendo Sábado à Noite.

Cinco meninos e cinco meninas. Foram tantos personagens e eles falavam tanto que de inicio admito fiquei meio perdida, mas depois de um tempo me acostumei. A história é leve, divertida e tem um final nada clichê.

E o que foi aquele final? Eu adorei! E posso adiantar que é um prato cheio para uma continuação. A Babi disse que vai sair a continuação, então estou aguardando! \o/

Ah... e juro que imaginei os personagens morando em Newport Beach e sendo vizinhos do Ryan, Seth, Marissa e Cia. Carros conversíveis (com menores dirigindo), bailes de gala, bebidas é muito O.C.

E apesar da Amanda e do Daniel serem os personagens principais, eu confesso que gostei mais da Anna e dos outros meninos. O Bruno, Caio e Fred são engraçadíssimos.

Sabe quando você tem vontade de entrar na história e fazer alguma coisa? Então, eu queria fazer isso e dar uns tabefes na Amanda e umas sacudidas no Daniel. Ela era muito mimada e ele foi frouxo algumas vezes.

Sempre que me deparo com livros assim, bate uma saudade da minha adolescência. Acho que vou reler minhas agendas.

 
  

Onde comprar: Site da Babi Dewet

Ps1: Miojo com brócolis? Irgh! Mas com certeza este menino ia gostar (Clique AQUI). 
Ps2: A capa do livro é linda! Como eu tinha esquecido de falar isso?

13 comentários:

ʆɛtíciɑ iɑucɦ รwiԲt disse...

Oi Lu ^^

Adorei a resenha! Eu tenho vontade de ler Sábado à Noite, mas ele é aquele livro que eu QUERO mas sempre ESQUEÇO, sabe? rs
Parece ser divertíssemo =)

Bjoos'
Lee Iauch - ϟ●•Giяl's•●ϟ

Nanda disse...

Ei Lu,

É a minha resenha de amanhã :P

Também adorei o livro, nossa fico pensando se eu era tão tapada assim na juventude kkkkkkkkkk. A Amanda me irritou demais o menina burra! E o Daniel chora demais pro meu gosto rsrsrs.

bjooo

Lu disse...

ei Lu, eu li esse livro e gostei muito, amo livros juvenis e esse foi bem divertido.
O final foi de doer, rsrs e quero muito a continuação. ^^

beijos.

Kellen Baesso disse...

Sniff, quero ler!!
Faz tempo que estou de olho no livro da Babi, mas não deu certo de comprar ainda. Adorei a resenha e fiquei doida de vontade de ler. Também gosto de ficar relembrando minha adolescência.
Aiai.
Beijos

Cíntia Mara disse...

Eu também gosto de livros de amor adolescente, mas pra ser sincera, Sábado à Noite não me chama muito a atenção. Até li o primeiro capítulo que a autora disponibilizou, é um livro que eu leria se não tivesse mais nada pra fazer.

É muito legal reler as agendas antigas, rsrs.

Beijos

Lais Hayala Williams disse...

ooi Lu poderia votar no meu blog - http://lalygirls.blogspot.com/ ??


http://bit.ly/gL8g0x

Beeijos ;)

Lais Hayala Williams disse...

Ahh e eu ia esquecendo, adorei sua resenha, quero mt ler sábado a noite.
Beeijos

felicidadenoslivros disse...

Oi Lu, adorei seu blog, você é muito engraçada... Vou passar a segui-lo espero q faça uma visitinha no meu. Tbm sou viciada em comprar livros, tenho muitos acumulados para ler, o que inclusive os desafios literários estão me ajudando bastante a fazer... Espero realmente sua visita por lá...

Mil beijos

Felicidade nos livros é o nome do meu blog pelo nome vc já imagina o quanto amo esses meus filhinhos rsrsrs...

http://felicidadenoslivros.blogspot.com/

Marigcr =] disse...

eei!
tem selinho te esperando no meu blog!
http://baunilhacomcafe.blogspot.com/2010/12/selinho.html
parabens pelo seu trabalho!

vanessa disse...

The OC, ain adoro *-* To louca pra ler esse livro, preciso muito comprar. Gostei da resenha, ficou muito boa (:
Beijos, Vanessa.

Cacá SS disse...

Esse é um dos livros que quero muito ler! Adoro esses draminhas adolescentes que dão vontade de reler agendas antigas. Aliás, quanto tempo não leio minhas agendas antigas! hehe
Beijos

Karol Albuquerque disse...

Nossa, anos depois eu descobri o esquema do miojo com Brócolis. É uma música do McFly: http://letras.mus.br/mcfly/230273/traducao.html.

Não me pergunte pq tive esse click agora, pois eu não faço idéia.. rs Simplesmente veio.

hahaha

Bjo!

Luciana Mara disse...

Nossaaaaaaaaa....
Eu nunca pensaria nisso o.O

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea