domingo, 14 de agosto de 2011

#72: Julieta (Anne Fortier)

Postado por Luciana Mara às 22:34:00

Informações:
Título: Julieta
Autora: Anne Fortier
Editora: Sextante
Número de páginas: 448

Julieta - Duas Famílias, Uma Antiga Maldição, Um Amor Quase Impossível...

Comentários: Corri de Shakespeare no desafio literário de junho, mas mesmo que indiretamente, ele me encontrou. Safadinho...
---------
Julie Jacobs estava orientando as crianças na representação teatral na colônia de férias dedicada a Shakespeare na Virgínia, Estados Unidos, quando recebeu de Umberto, o mordomo que ajudou a criá-la, a notícia de falecimento de sua tia-avó, Rose.

Rose adotou Julie e Janice, sua irmã gêmea, quando as garotas tinham 3 anos, logo após o acidente de carro que matou seus pais, em Siena, onde elas nasceram. As duas irmãs não poderiam ser mais diferentes. Janice era forte, determinada e dominadora, enquanto Julie era simples, serena e sempre ofuscada pela irmã. 

A diferença de personalidade das duas e a tentativa da tia-avó de tratá-las igualmente não preparou Julie para a surpresa que a aguardava após a abertura do testamento: Janice herdou todos os bens de Rose, enquanto para Julie restou apenas uma carta e uma chave.

Mais desolada e perdida que após a descoberta de estar dura, Julie ficou ao ler a carta. Ela descobriu que seu nome verdadeiro, trocado após a adoção, era Giulietta Tolomei. A carta também a orientava a ir à busca de um tesouro em sua cidade natal, tesouro secreto mais valioso que a herança deixada pela tia à sua irmã, segredo este descoberto por sua falecida mãe. Assim, mesmo incrédula, Julie, agora Giulietta, foi a Siena. Sua sorte, é que tinha preparado para ela um passaporte com seu nome verdadeiro, uma vez que após uma confusão na época da faculdade, Julie Jacobs era proibida de entrar na Itália.

No aeroporto, ao fazer a conexão, Giulietta conheceu Eva Maria Sambelini, uma senhora elegantérrima que ficou absorta pela garota e sua história quando descobriu que ela chamava Giulietta Tolomei. Eva Maria a orientou a não espalhar por aí qual era seu sobrenome, e contou sobre a antiga inimizade entre suas famílias. 

Após a notícia de bagagem extraviada de Giulietta, Eva Maria e Alessandro, o sobrinho gatão que foi buscá-la no aeroporto, insistiram em acompanhá-la ao hotel. Assim que Alessandro soube do nome da garota, ele passou a olhá-la com desinteresse e desconfiança. 

Instalada no hotel, o próximo passo foi finalmente ir ao banco, apresentar a chave e resgatar seu tesouro. Mas nada era tão simples quanto parecia.

Dentro da caixa não havia aparentemente nada de valor. Tinha uma brochura de Romeu e Julieta de Shakespeare, um crucifixo numa corrente de prata, algumas cartas, textos traduzidos que eram outras versões de Romeu e Julieta e um diário, do pintor famoso Maestro Ambrogio, datado de 1340. 

No diário havia a verdadeira história de amor com o final trágico que inspirou Shakespeare. Giulietta Tolomei e Romeo Marescotti, dois jovens que se amavam, mas tiveram a vida e o romance modificado por um Salimbeni. Os Tolomei e Salimbeni eram inimigos, mas nada como uma união entre as famílias para amenizar esta guerra. Junto deste amor e ódio imenso veio uma maldição, que a Giulietta atual seria a próxima vítima, se vendo obrigada a desfazê-la. 

Porém, a cada passo que dava para desvendar o mistério e encontrar o tesouro que sua mãe havia descoberto, o cerco se fechava em torno dela. Giulietta estava sendo perseguida e vigiada, e a única pessoa que ela poderia recorrer era a Alessandro, que cuidava da segurança da cidade, mas que era um Salimbeni! 

Giulietta poderia acreditar em Alessandro? Quem estava perseguindo-a? Onde estaria o tesouro (se é que ele existia)? Todos eram quem realmente aparentavam? E ela, seria mesmo vítima de uma maldição? E o Romeu da história? Se ela era a Julieta, onde estaria seu Romeu?

Ação, suspense, reviravoltas, amor e segredos são ingredientes encontrados em Julieta, uma história envolvente e fruto de uma belíssima pesquisa. Super recomendo!
---------
O elogio da Publisher’s Weekly no livro traduz o que senti ao terminar a leitura. Gostaria de assinar embaixo desta declaração:
“Em seu excelente romance de estreia, Anne Fortier navega por entre pistas falsas e reviravoltas, e o resultado é uma história de amor que poderíamos chamar de O código Da Vinci para mulheres inteligentes e modernas.”
A correria, as pistas e as descobertas lembram mesmo o livro do Dan Brown, mas é impossível comparar Giulietta à Robert Langdon. Ela é esperta, mas é apenas a sujeirinha do dedão do mão do professor. Ela teve muita ajuda para chegar ao fim do mistério.

O livro é ótimo! Alterna capítulos da história atual com aquela retratada no diário do pintor em 1340, até o momento que a tragédia ocorre (que mesmo sabendo do desfecho de Romeu e Julieta, eu torcia para que não acontecesse). Os capítulos sempre acabavam de uma maneira que atiçava minha curiosidade pelo que viria a seguir, o que me fez devorar o livro.

Esta é uma história que eu vou reler um dia. Li tão rápido, desesperada para saber o final, que com certeza perdi um detalhe ou outro. Mas isto não me impediu de desconfiar de algumas pessoas, o que acabou sendo uma realidade um pouquinho distorcida daquilo que imaginei.

Os personagens são ótimos e muito bem construídos. E por incrível que pareça, mesmo a Giulieta tendo falado mal da irmã (a história atual é narrada em primeira pessoa por ela), eu não consegui desgostar da Janice (cujo nome verdadeiro era Giannozza coitada!). O Alessandro é um caso a parte #piriguetagem

O cenário também é muito bem descrito e várias vezes me senti realmente na Itália.

Terminei o livro querendo ler Romeu e Julieta de Shakespeare, mas uma adaptação, porque eu sou o micróbio do micróbio da sujeirinha do dedinho mindinho do pé do Robert Langdon e teria enorme dificuldade para entender o significado de seu texto. Nunca fui boa para entender nas entrelinhas.   ¬¬

Preciso dizer que recomendo?



Ps.: Sério! Quando o livro é muito bom, não me contenho, escrevo mesmo!

20 comentários:

Nanda disse...

Ei Lu,

Este livro é muito bom mesmo, também amei. E o Alessando merece mesmo uma piriguetagem rsrsrs. Eu tbm li super rápido, estava muito curiosa para saber o final.

bjos
Nanda

Kellen Baesso disse...

Lu, eu queria ler este livro, já li resenhas muito boas, mas a sua foi a cerejinha, a que fez a minha coceira literária falar mais alto. Pena que não posso comprá-lo agora, mas que ele está na lista, ele está.
Adorei a resenha, os comentários e a piriguetagem básica. ;)
Beijos

Julia G disse...

IUAhuahIUA
Eu estava muito curiosa para saber como era a história do livro, mas saber que envolve mistério e ação me deixou completamente fascinada! Eu quero piriguetar o Alessandro também!

Beijinhos
Conjunto da Obra

Miriam. disse...

Aaah, eu fiquei curiosa para conhecer a história, ainda mais porque tem Shakespeare no meio, mas ainda não tinha lido resenhas dele. Me conquistou! VOu adicioná-lo na lista de desejados! :D

Beijos,
Miriam.
bookerqueen.blogspot.com

Lu disse...

ei Lu,
eu sou doida para ler esse livro, mas até hoje não comprei meu exemplar.
A história parece ser bem boa e sua resenha me animou mais ainda a ler. 0//
vou comprar em breve, kkk.
beijos.

mundodaleitura disse...

Oi Lu! Eu amei este livro, até tive vontade de ler Shakespeare O.o A estória é fascinante, e eu descobri a obra no Viagem Literária (aliás, você tem tanta sorte de conhecer a Nanda) *-* Nessas horas (e no auge do inverno) tenho uma vontade de ser mineirinha também!!!! Hehehe!
A sua resenha me fez dar altas gargalhadas, como sempre, que criatividade você tem menina. Minha imaginação não chega nem perto!
Ah e obrigado pela visita no blog, nem sabe como eu fiquei feliz :D

Beijos
Adriana - Mundo da Leitura

Nataly Gonçalves disse...

Eu quero muito ler esse livro e agora lendo sua resenha aumentou mais ainda a curiosidade. Adoro suspenses, ter que seguir pistas e o melhor com um romance, só espero que não tenha um final trágico como Romeu e Julieta.

Beijinhos

Cíntia Mara disse...

Nem falou tanto assim --'

Quero muito ler Julieta! Não sei como ainda não comprei. Mesmo que fosse um livro péssimo, só o fato de se passar na mia cara Itália... Tem trechinhos em italiano? Bem que podia ter.

Acho que já li uma versão de Romeu e Julieta, mas faz tempo. Ainda leio o original, embora não tenha gostado muito do A Megera Domada.

Bjos

Felipe Fagundes disse...

Ao contrário da Cíntia, eu gostei muito de A Megera Domada, mas isso faz tanto tempo que não me lembro de mais nada. E de Romeu e Julieta, só sei que há a rixa entre as famílias e aquela desgraça toda no final. Enfim.

Esse livro parece bem legal mas como eu não o conhecia antes? Essa é a primeira resenha que li dele! #alienado
Gostei desse mistério envolvendo a Julie e essa ligação com Shakespeare. Será que ela morre no final também? :S

Vou aguardar outras resenhas dele pra ver se entra no meu "Vou ler". Quero saber se o lado "ação" prevalece sobre o romântico.

Cacá SS disse...

Oi Lu,
Adorei a resenha!
Já paquerei esse livro na livraria algumas vezes mais ainda não chegou a hora de levar ele pra casa, rs
Ah, e eu amo Romeu e Julieta, o original "Ó Romeu, Romeu, porque és tu Romeu?"
Já sei que vou adorar!
Beijos

@whosthanny disse...

Oi, nunca me interessei por esse livro, pois tinha uma ideia errada dela, nem sei o que pensava direito, mas sua resenha ajudou a esclarecer que ele é bom e vale a pena ser lido. Obrigada!

xx thanny in wonderland

Caline disse...

Oi Lu já li Romeu e Julieta, uma adaptação é claro, afinal eu também não sou nem o micróbio do micróbio da sujeirinha do dedinho mindinho do pé do Robert Langdon e sou péssima para entender nas entrelinhas.

Mesmo com tanta empolgação de sua parte ainda não tive minha curiosidade despertada para ler esse livro. A capa não me atrai muito e esse negócio de usar mais uma vez Romeu e Julieta como plano de fundo já está ficando meio batido. Pode até ser que eu me arrependa completamente por já não ter lido o livro, mas por enquanto vou deixar ele lá no meio da lista de desejos e o que é bem longe uma vez que ela é gigante, hehehehe.

Xero.
Caline

Entre Fatos & Livros disse...

OI Lu!

Tenho mta vontade de ler esse livro, pq só encontro elogios sobre ele. Fora a capa linda e a sinopse original.

Já li Shakespeare e acho que essa mistura deve ter dado um livro e tanto.

Qro ler!

BjoO
Pri
Entre Fatos e livros

Letícia Iauch disse...

Ei Lu!

"Ação, suspense, reviravoltas, amor e segredos". Pronto, bastou para mim ir ver o preço do livro! AH, adoro ler tudo isso, e tudo reunido num livro só...deve ser Top 10 *-*
Pena que é um pouco caro, mas com certeza entrará no meu carrinho de compras de fim de ano HAHAHA
Nunca tinha lido sobre o livro, mas só sua resenha já bastou! E fora que, com o dito, quando suas resenhas ficam enormes assim, o livro é realmente bom rsrs

Bjoos'
Lets

Bruna M. Silva disse...

Aiii Luu, adorei a sua resenha!
hahahaha Eu também sou a sugeirinha do dedo pé de Robert porque nunca consegui entender nada de Shakespeare *lesada*

Beeiijoos!

Carol disse...

Olha que coisa...
Juro que apesar de ter visto diversos post sobre esse livro, essa é a primeira resenha que resolvi ler. :D
E olha, Lú, adorei! Vc me convenceu que vale a pena ler esse livro, achou que vou adorar...^^
Que bom que dei uma chance, hein?

Bjocas

Cíntia Mara de Castro Ribeiro disse...

Sábado, 8 de outubro de 2011. 00:14
Cá estou, lendo resenhas de Julieta nos blogs "de confiança" pra ver se consigo eliminar alguma coisa da minha, que está GIGANTE.

Cíntia Mara de Castro Ribeiro disse...

Sábado, 8 de outubro de 2011. 01:44 

Preciso dormir, estou com dor de cabeça, mas continuo pesquisando imagens e ficando fascinada com as coisas que descubro. Ah, claro, como não tem ninguém no Twitter pra eu conversar, venho fofocar nos blogs das amigas, hihihi.

LucianaMara disse...

E aí, conseguiu eliminar alguma coisa???
Meus comentários da história nem ficaram tãoooo grandes. Ficou grande o resumo...

Cíntia Mara de Castro Ribeiro disse...

Eliminei muita coisa, mas ainda assim ficou enorme. E olha que eu não faço resumo e cortei mais da metade da sinopse oficial, rs.

Postar um comentário

Obrigada pelo comentário!
Deixe seu endereço para eu retribuir a visita ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

TOC Template by Ipietoon Blogger Template | Gift Idea